Notícias

Voltar

Comissão Organizadora do 35º Carijo da Canção Gaúcha divulga resultado oficial da triagem da fase local e da fase geral do Festival

Mais de 800 canções foram ouvidas e avaliadas pelo corpo de jurados entre domingo (24) e terça-feira (26), e seguindo o regulamento do Festival, apenas 28 foram selecionadas para serem defendidas nas noites de Ronda no Parque Tealmo José Schardong

Já estão decididas quais serão as vinte e oito canções a serem prestigiadas nas noites da última semana de maio em Palmeira das Missões. Data para a melhor colheita da melhor erva-mate deste Rio Grande, e também de umas das melhores colheitas para a música tradicionalista há 37 anos - desde que o Carijo da Canção Gaúcha existe, encantando e esquentando o coração e a alma do povo gaúcho com a nossa cultura.

O corpo de jurados composto por Anahy Guedes, Maurício Barcellos, Pedrinho Figueiredo, Dorival Godoi e José Roberto Pereira trabalharam na triagem das músicas entre o domingo (24) e a terça-feira (26), ouvindo e avaliando as 43 músicas inscritas na fase local – de composição em letra e melodia de autores palmeirenses – e as 755 músicas inscritas na fase geral – de autores das demais localidades. Destas, dez músicas foram selecionadas para a Ronda da fase local, que acontece na noite do dia 26 no palco do Parque Municipal de Exposições Tealmo José Schardong; e dezoito músicas  foram selecionadas para as Rondas da fase geral das noites de 27 e 28 de maio.

Foram seguidos critérios técnicos que enquadrassem as canções selecionadas dentro das regras do regulamento, valorizando a criatividade poético-musical, voltada à temática e aos ritmos regionais do Rio Grande do Sul. A partir de agora, cada competidor deve enviar, até o dia 02 de maio, direto no Centro Cultural professor Mozart Pereira Soares ou por correio, um documento firmado em cartório que autorize a veiculação das músicas por parte da organização do Festival, sob pena de desclassificação. O modelo de documento está disponível no site www.carijo.rs.

Depois dessa etapa, todas as músicas selecionadas concorrem ao grande prêmio de R$10 mil reais, além da segunda colocação – de R$ 7 mil; e o terceiro lugar: com R$5 mil. Além disso, todas as músicas também estarão concorrendo, independente de chegarem na fase final do Carijo (do dia 29 de maio), nas seguintes categorias paralelas: Melhor Intérprete, Melhor Instrumentista, Melhor Arranjo Instrumental, Melhor Arranjo Vocal, Melhor Trabalho Poético, Melhor Trabalho sobre a história de Palmeira das Missões, Melhor Tema Ecológico, Música Mais Popular, Melhor Composição sobre a temática erva-mate, e pela primeira vez: Destaque Feminino. Cada categoria paralela conta com premiação de R$1 mil. Todos os classificados na fase local já ganham uma ajuda de custo de R$2 mil, já os classificados para a Ronda Geral no dia 27 de maio ganham R$ 4 mil; e por fim, os classificados para a Ronda Geral do dia 28 ganham R$ 3.5 mil. 

Confira abaixo a listagem oficial das 28 canções deste 35º Carijo da Canção Gaúcha, bem como suas respectivas suplências:

FASE LOCAL

1 - PRESENÇA (01)*  - Alessandro Scalei - Ney Fernando Lopes Dutra

2 - SOLTANDO PANDORGA (05) - Alessandro Scalei

3 - QUANDO O SILÊNCIO ECOA (07) – Clademir Prestes de Oliveira - Luiz Carlos Pereira Campos

4 – NA FORÇA DA TERRA (15) - Cristiano Sonntag

5 - MINHA CRIOULA DE OFÍCIO (19) - Nelson Martins Magalhães

6 – CRIA DA PALMEIRA (24) - Dunga Vargas

7 - A VOZ DE UM POVO (29) - Antônio Augusto Korsack Filho

8 - ESSENCIA NATIVA (36) - Cristiano Sonntag

9 – ALQUIMIA TERRENA (37) - Gabriel Mafalda

10 – MONARCA GUARANI (38) – Erico Guedes Gonçalves – Aurelio Moreaes

SUPLENTES:

Primeira Suplente: PRA TI NÃO TEM SEGREDO (31) - Alixandre Lima - Gabriel Mafalda

Segunda Suplente: TRINCHEIRAS DA PALMEIRA (18) - Bruno Fernandes de Oliveira

Terceira Suplente: CAÇIMBA – SÓ LEMBRANÇAS (11) – Helio Ardenghi Boeri – Rafael Pabliari Palma

FASE GERAL 

1 – MORENA DOS VERSOS (01) – Mário Amaral (Capão da Canoa) – Beto Conzales (Brasília)

2 – PICUMÃ (02) – Juliano Santos (Júlio de Castilhas) - Kayke Mello (Júlio de Castilhos)

3 - O PAMPA É UM PAÍS NO CORAÇÃO (37) – Jaime Vaz Brasil (Porto Alegre) – Robledo Martins (Pelotas)

4 - UM ISNUQUE À MODA VÉIA (59) - Diego Muller (Canoas) e Binho Pires (São Luiz Gonzaga) - Érlon Péricles (Porto Alegre)

5 – ANUÁRIO DE ESPERA (67) - Zé Renato Daudt (Porto Alegre) - Fábio Tiecher (Encantado) - Fernando Graciola (Encantado)

6 – A ALMA DELICADA DA LEMBRANÇA (77) – Rodrigo Bauer (São Borja) - Alexandre Munhoz Scherer (Porto Alegre)

7  – DO PAVÃO AO CANTA GALO (105) – Osmar Proença (Bagé) – Caine Teixeira Garcia (São Gabriel)

8 – SANTO ANTÔNIO DA PALMEIRA (301) – Henrique Fernandes (Marau) - Felipe da Silva Goulart (Itaqui)

9 – AFINANDO (315) – Maximiliano Tchêtuco (Santo Augusto)

10 – DE PERTO (356) – Eduardo Muñoz (Pelotas) – Ricardo Rosa (Piratini)

11 - OS BUENOS PEDEM COSTADO (357) – Eduardo Muños (Pelotas) – Otávio Severo (Pelotas)

12 – A MORENA E O SABIÁ (405) - Ivo Ladislau (Capão da Canoa) – Kako Xavier (Pelotas)

13 – LADRÃO DE MATE (454) – Ângelo Franco (Porto Alegre) - Glauco Fonseca Vieira (Itacurubi)

14 – CHORAMINGO (460) - Rodrigo Ross Duarte (Novo Hamburgo)

15 – ILUSÃO DE RUMO E ESTRADA (526) - Guilherme Araújo Collares da Silva (Bagé) - Lucas Urdangarin Gross (Bagé)

16 – COLUNA PRESTES (538) – Claudio Reinke (Santo Ângelo) – Rodrigo Rodrigues (Salto do Jacuí)

17 – FIQUEI EU E A CHAMARRITA (556) – Mario Lucas (São Gabriel) – Diego Camargo (São Gabriel)

18 – CARAVELAS DE CAMPO (686) – Lucas Ramos (Porto Alegre) - Rodrigo Morales (Porto Alegre)

SUPLENTES 

Primeira Suplente: TAGLIAFERRO, CAMPEADOR (712) - Cristiano Viegas Medeiros (Uruguaiana) – Jader Duarte (Encruzilhada do Sul) - Pericles Almeida (Encruzilhada do Sul)

Segunda Suplente: TIRADOR (625) – Maximiliano Alves de Moraes (Alegrete)

Terceira Suplente: O MEU OLHAR (655) – Maurício Oliveira (Pelotas) – Cristiano Behling (Canela) Valtair Behling (Itaqui) - Alex Har (Santana do Livramento)- Felipe da Silva Goulart (Itaqui)

*Os números  em parênteses correspondem ao número da inscrição da canção no site do Festival.

Palmeira das Missões – Rio Grande do Sul, 27 de abril de 2022.

Foto: Carlos Eduardo Ardenghi - Jornal A Madrugada